Acontece

  • AS MOÇAS O ÚLTIMO BEIJO TEATRO POEIRINHA AS MOÇAS O ÚLTIMO BEIJO 05 a 29 de março O premiado texto de Isabel Câmara (1940-2006) conta a história de uma relação conflituosa de amor e amizade entre duas mulheres, uma jornalista, próxima dos 40 anos, Tereza destila um permanente desencanto com a vida sobre a jovem e sensual atriz Ana. Elas dividem um apartamento no final dos anos 1960 enquanto tentam se estabelecer profissional e afetivamente, tendo como pano de fundo a repressão política e a revolução sexual que marcaram aquela época.
  • O BRANCO DE SEUS OLHOS TEATRO POEIRA O BRANCO DE SEUS OLHOS 13 de janeiro a 26 de fevereiro Raquel, uma alta executiva, recém-casada com Lauro, é transferida para Buenos Aires. Ele, um dançarino contemporâneo, deixa o país e carreira para acompanhar a esposa num país estranho. Ela, racional e metódica. Ele, sensível, usa a dança para se expressar. Depois de alguns anos, ao retornar ao Brasil, uma possível traição é descoberta. E que pode ter acontecido apenas pela internet, através de conversas pelo facebook com Karina, uma amiga de infância.
  •  ANTIGA TEATRO POEIRINHA ANTIGA 15 de janeiro a 22 de fevereiro ANTIGA conta a história de uma mulher de quarenta anos, publicitária, que, por um motivo desconhecido, acorda numa estranha sala ao lado de uma criança e de uma senhora. Numa jornada delirante de descobertas e revelações, a protagonista vai montando, junto com o público, um quebra cabeças de imagens e histórias, com o propósito de descobrir que lugar estranho é este, e por que está ali.
  • NÔMADES TEATRO POEIRA NÔMADES 17 de outubro até 29 de março Três amigas, atrizes, são surpreendidas pela morte precoce de uma quarta amiga, também atriz. Em um único dia, entre a notícia dessa morte inesperada e as últimas homenagens feitas no enterro, as três reagem de diferentes maneiras à dor dessa perda. Em cena, as três atrizes vivem de forma condensada todas as fases do luto: a indignação com a finitude da vida - por quê?, por que logo ela? -, as autoacusações - não poderíamos ter feito mais do que fizemos? -, a tristeza, a saudade, todas as lembranças compartilhadas e, finalmente, a simples consciência de que somos mortais.
  • Mistero Buffo TEATRO POEIRA Mistero Buffo 10 de março a 01 de abril Inspirada nos mistérios medievais e na narrativa dos jograis, a comédia apresenta uma visão crítica de temas atuais como a exploração do culto às celebridades e a ganância pelo dinheiro a partir do ponto de vista do povo. A montagem adapta a teatralidade do autor italiano à linguagem circense dos palhaços, explorada pelos atores há mais de 20 anos.

Teatro

  • TEATRO POEIRA O TEATRO POEIRA

    O teatro Poeira, se apresenta como uma nova casa de espetáculos para a cidade do Rio de Janeiro, mas deseja também ser outra "praça" (do latim plattea, rua larga) para o encontro de artistas que queiram discutir e estudar cada vez mais as novas circunstâncias do teatro e suas novas possibilidades. Para isso, o Poeira criou programas de estudos, de troca de experiências, de criação e pesquisa, estimulando os movimentos comprometidos com a busca incessante de um teatro vivo.

  • TEATRO POEIRINHA O TEATRO POEIRINHA

    Seis anos atrás, quando abriram o Poeira, já participaram ativamente da grande reforma por que passou o espaço, um galpão com uma fachada de 1927. Desde então, paqueravam o prédio ao lado, onde funcionava uma oficina mecânica. Há três anos, conseguiram comprá-lo e, de lá para cá, vinham utilizando-o de forma experimental para ensaios e oficinas. Há quatro meses, decidiram dar vida nova ao espaço.

Telefone: 21 2537.8053 | E-mail:teatropoeira@teatropoeira.com.br

ENDEREÇO: Rua São João Batista, 104 . Botafogo . Rio de Janeiro . RJ . CEP: 22270-030