Acontece

  • HORSES HOTEL TEATRO POEIRINHA HORSES HOTEL 01 de Abril a 21 de Maio O decadente Horses Hotel é refúgio de artistas e marginais, cenário de um triângulo amoroso entre uma roqueira, um fotógrafo e um michê. Em cena, uma série de outros moradores convivem com eles: poetas, dramaturgos, colecionadores de arte e viajantes se equilibrando entre a fortuna e a ruína. As relações dessas personagens abordam ideias sobre amor, lealdade e liberdade.
  • INCÊNDIOS TEATRO POEIRA INCÊNDIOS Em abril Protagonizada por Marieta Severo, a saga da árabe Nawal, cuja vida é atravessada por décadas de uma guerra civil que parece nunca ter fim. Ela passa seus últimos anos em voluntário exílio no Ocidente, onde morre e deixa em testamento uma difícil missão para seu casal de filhos gêmeos: encontrar o pai e também um irmão perdido em seu remoto passado no Oriente.
  • 2 x Matei TEATRO POEIRINHA 2 x Matei 29 de março a 19 de maio O primeiro texto, "O último Godot", leva à cena um personagem que sequer existe reivindicando uma participação maior na obra que sequer é bem sucedida. O encontro imaginário de Beckett com seu mais famoso personagem exige um espírito surrealista. Foi com ele que Matéi Visniec, 58 anos, conseguiu suportar o regime ditatorial de Nicolae Ceausescu até deixar seu país natal, em 1987, quando a França lhe concedeu asilo político. Em "O rei, o rato e o bufão do rei", um bufão tenta se inocentar da cumplicidade com seu mandante, mas anunciando sua possibilidade de existência somente na manutenção da figura do monarca.
  • O Enxoval TEATRO POEIRA O Enxoval 11 a 26 de março (apenas 6 sessões) Em cena, estão Ana Paula Secco e Verônica Reis, que narram o cotidiano de Célia, 82 anos, e Amélia, 86 anos, duas senhoras do interior de Minas Gerais, donas da única Telefônica na cidade de Simão Pereira. Célia é viúva do irmão de Amélia, que nunca se casou e há sessenta anos espera o noivo que jamais voltou. Ela guarda em muitas caixas um enxoval de casamento completo, sem perder a esperança de um dia subir ao altar.
  • O Filho Eterno TEATRO POEIRA O Filho Eterno 8 de abril a 7 de maio (apenas 10 sessões) Vencedor do prêmio Orilaxé na categoria teatro para Daniel Herz, Shell e APTR de Melhor Ator para Charles Fricks e Shell na categoria especial para Marcia Rubin, O Filho Eterno (2011), retoma a temporada carioca depois de turnê nacional no ano passado que passou por mais 40 cidades. Adaptação do também premiado livro de Cristovão Tezza, o sensível espetáculo trata das dificuldades e das nuances da paternidade a partir da relação de um pai com o filho, que nasce inesperadamente com Síndrome de Down.

Teatro

  • TEATRO POEIRA O TEATRO POEIRA

    O teatro Poeira, se apresenta como uma nova casa de espetáculos para a cidade do Rio de Janeiro, mas deseja também ser outra "praça" (do latim plattea, rua larga) para o encontro de artistas que queiram discutir e estudar cada vez mais as novas circunstâncias do teatro e suas novas possibilidades. Para isso, o Poeira criou programas de estudos, de troca de experiências, de criação e pesquisa, estimulando os movimentos comprometidos com a busca incessante de um teatro vivo.

  • TEATRO POEIRINHA O TEATRO POEIRINHA

    Seis anos atrás, quando abriram o Poeira, já participaram ativamente da grande reforma por que passou o espaço, um galpão com uma fachada de 1927. Desde então, paqueravam o prédio ao lado, onde funcionava uma oficina mecânica. Há três anos, conseguiram comprá-lo e, de lá para cá, vinham utilizando-o de forma experimental para ensaios e oficinas. Há quatro meses, decidiram dar vida nova ao espaço.

Telefone: 21 2537.8053 | E-mail:teatropoeira@teatropoeira.com.br

ENDEREÇO: Rua São João Batista, 104 . Botafogo . Rio de Janeiro . RJ . CEP: 22270-030