TEATRO POEIRINHA
09 JAN a 20 FEV

TER e QUA às 21h

O espetáculo faz sua primeira temporada no Rio de Janeiro, de 9 de janeiro a 20 de fevereiro de 2019, no teatro Poeirinha, terça e quarta, às 21h, com Gilberto Gawronski sob direção de Yara de Novaes, e Renato Krueger, como ator-assistente.

A ira de Narciso é uma autoficção do uruguaio, radicado em Paris, Sergio Blanco, um monólogo, em primeira pessoa, que conta a passagem do autor por Ljubljana, capital da Eslovênia, onde vai dar uma palestra sobre o famoso mito de Narciso.

O drama se passa em um luxuoso quarto de hotel, onde o autor está hospedado, durante os últimos preparativos para a conferência, enquanto descreve os vários encontros com um jovem esloveno que acabara de conhecer. A partir da descoberta de uma mancha de sangue no carpete, o relato da viagem profissional e dos encontros amorosos dá lugar a uma intriga policial.

Alternando sutilmente narração, palestra e confissão, "A Ira de Narciso" é uma jornada arriscada que conduz o espectador em um labirinto do eu, da linguagem e do tempo.


Gilberto Gawronski está indicado ao Shell 2018 de Melhor Ator por este espetáculo.

No prêmio Aplauso Brasil, "A Ira de Narciso" tem indicações para melhor ator, melhor espetáculo de produção independente e melhor arquitetura cênica..

Idealizada por Celso Curi, a edição brasileira de "A Ira de Narciso" se deu depois que o produtor e tradutor do texto assistiu à versão uruguaia, sob direção de Blanco. Imediatamente Curi tratou de comprar os direitos de tradução e montagem e propôs a Gawronski interpretá-la.

A peça estreou em abril no SESC Pinheiros, São Paulo, e já passou por várias cidades do interior paulista e fechou 2018 com a abertura do Festival de Teatro da Amazônia, em 13 de dezembro, em Manaus.

A diretora Yara de Novaes vê a peça como um portal de reflexão sobre o artista contemporâneo em embate consigo mesmo, com sua criação, o mundo das coisas e a natureza.  Ela avalia que o texto reflete sobre o efeito hipnótico que a nossa imagem exerce sobre nós e como essa autocontemplação pode ameaçar a nossa vida..

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Autor: Sergio Blanco
Idealizador e Tradutor: Celso Curi
Ator: Gilberto Gawronski
Diretora: Yara de Novaes
Ator Assistente: Renato Krueger
Diretor Assistente: Murillo Basso
Diretor Musical: Dr. Morris
Cenógrafo: André Cortez
Iluminador: Wagner Antonio
Figurinista: Fábio Namatame
Assistente de Produção: Carla Gobi
Produtor Executivo: Pedro de Freitas - Périplo Produções
Produtor executivo RJ: Wagmer Uchoa
Diretores de Produção: Celso Curi e Wesley Kawaai
Produtores Associados: Parnaxx, GPS Produções Artisticas, OFF Produções Culturais

Classificação: 18 anos