POEIRA
03 MAIO a 10 JUNHO
quinta a sábado 21h
domingo 19h

Conhecida internacionalmente por sua genialidade convulsiva, a poeta Sylvia Plath se desnudou por completo em sua escrita. Sua obra retrata uma mulher inquieta e angustiada com os inúmeros papéis que deveria exercer na sociedade, sufocada pelo amor extremado pelo renomado poeta inglês Ted Hughes. Em um espetáculo de forte simbolismo visual, a Cia. Estúdio Lusco–fusco transpõe para o palco o universo da escritora americana, retratando uma artista verdadeiramente revolucionária, no limite de sua experiência humana. A ação se passa dentro um espelho d´água que ocupa todo o palco, enquanto objetos congelados derretem lentamente. 

Direção, Concepção e Cenografia: André Guerreiro Lopes
Elenco: Djin Sganzerla e André Guerreiro Lopes
Dramaturgia: Gabriela Mellão, a partir dos escritos pessoais de Sylvia Plath.
Figurinos: Fause Haten
Iluminação: Marcelo Lazzaratto  
Direção Musical:
Gregory Slivar  
Assistente de Direção e Direção de Cena:
Rafael Bicudo
Direção de Produção: Djin Sganzerla
Produção Rio: Sandro Rabello /Diga Sim! Produções
Assistente de Produção: Lucas Oliveira
Operação de Luz: Wallace Furtado
Operação de Som e Vídeo: Renato Garcia
Cenotécnico: Mateus Fiorentino