Poeira-Site-Evento-Cerebro.jpg

POEIRA
09 NOVEMBRO a
16 DEZEMBRO
quinta a sábado 21h
domingo 19h

Esse trabalho tem muitas cabeças, mas essencialmente é feito de coração. Foi escrito com os “pensamentos do coração”, (nome de uma obra do Leonilson que estava na primeira versão do texto, quando não era nada disso e já era um pouco disso tudo). Estamos na décima versão, ainda aberta.
É, portanto, um coração aberto.

 Eu não escrevi esses pensamentos  sozinha. Foi uma escrita atravessada por escritos e memórias dos outros. Autores e autoras que me formaram e transformaram. E então veio a escrita no ar da sala de ensaio. No corpo. Primeiro com Isabel Teixeira, depois Renato e Kike, coautores do trabalho. As aulas de Paola Barreto, Luisa Duarte, Ricardo Krause e Helena Martins trouxeram todo um corpo de  pensamentos, derivações, pulsões e acontecimentos que estão aí, nessa peça-aula ou conferência-performática.

E essa equipe de amigos e amigas, de amores que dia após dia, incansavelmente, colaboraram pra que o trabalho entrasse em cena.

Escrevo esse texto duas semanas antes da peça estrear no teatro, já tendo passado por algumas escolas estaduais. Essa foi a experiência que sempre desejei ter, fazer esse texto para alunos, antes de fazer no teatro. Está sendo transformador, potente e muito amoroso cruzar a linha que separa esses mundos, linha absurda, inacreditável. Por que não estamos fazendo teatro nas escolas, passando filmes nas escolas? Estamos cada vez mais fechados dentro de caixas que nos separam. Por quê?

O resultado dessa experiência é a peça que vocês vão ver. Cheia de falhas e perguntas.

Cheia de espaços vazios.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Atuação e dramaturgia: Mariana Lima
Direção e colaboração dramatúrgica: Renato Linhares e Enrique Diaz
Assistência de direção: Luisa Espíndula
Cenografia: Dina Salem Levy
Iluminação: Beto Bruel
Vídeos e projeções: Paola Barreto e Lucas Canavarro
Trilha sonora: Lucas Marcier
Figurinos: Marina Franco
Preparação Corporal: Laura Samy
Consultoria em arte contemporânea: Luisa Duarte
Operadores de vídeo: João Câmara e Jonhatan de Souza
Operador de luz: André Martins
Captação de imagens em estúdio: Théo Tajes
Construção de cenografia: Camuflagem
Cenotécnico responsável: Wilker Barros

Produção e administração: Quintal Produções
Direção geral: Verônica Prates
Coordenação artística: Valencia Losada
Produção executiva: Thiago Miyamoto
Assistência de produção: Eduardo Alves
Diretor de palco: Iuri Wander
Contrarregra: Bruno de Oliveira

Classificação: 14 anos