Acontece

Voltar
  • Killer Joe TEATRO POEIRA Killer Joe 08 de julho a 26 de agosto Tudo se passa num trailler. Chris Smith, 22 anos, é filho de Ansel e irmão de Dottie e está devendo dinheiro a traficantes de Dallas, cidade onde mora. Com a ajuda do pai e da madrasta elabora um plano mortal para se livrar dos problemas. Para isso, contrata Joe Cooper, o Killer Joe, detetive que é também matador para começar o trabalho, iniciando assim uma série de eventos que levam a trama a um clímax chocante.
  • PULSÕES TEATRO POEIRA PULSÕES 11 de junho a 30 de agosto Um maestro e uma bailarina convivem em um espaço indefinido, amplo e lúdico, alternando momentos de amor e loucura. O casal sabe que há fragmentos que os unem - mas paira entre eles a ameaça constante da perda de memória. Apenas música e dança podem curá-los.
  • Não Nem Nada TEATRO POEIRINHA Não Nem Nada 31 de julho a 30 de agosto Não Nem Nada é uma peça em plano sequência, com doze cenas interligadas e dezenas de personagens interpretados por quatro atores. As dores e delícias do mundo contemporâneo comparecem em diferentes temas e matizes. A profusão e a simultaneidade de informações do mundo das telecomunicações, a dinâmica de interações das redes sociais, o universo do telemarketing, os discursos retóricos das grandes corporações financeiras ou o mundo das celebridades: estes e outros assuntos surgem em cenas que se conectam vertiginosamente, na velocidade do pensamento. Depois de quase um ano em cartaz em São Paulo, "Não nem nada" chega aoRio para uma curta temporada de31 de julho a 30 de agosto, no Teatro Poeirinha. A peça marca a estreia do músico e cineasta Vinicius Calderoni (conhecido por sua carreira solo e na banda 5 a Seco)como dramaturgo e diretor. O espetáculo tem codireção de Rafael Gomes, que também dirigiu "Música para cortar os pulsos" e "Gota d'água sobre pedras escaldantes" - esta última apresentada recentemente no Rio durante o Festival Cena Brasil Internacional. Rafael e Vinicius fundaram a companhia Empório de Teatro Sortidohá cinco anos, na capital paulista. O elenco formado por Geraldo Rodrigues, Mayara Constantino, Renata Gaspar e Victor Mendes interpretavários personagens durante um frenético jogo dramatúrgico encenado em plano sequência - cenas ininterruptas interligadas.Em um textoacelerado e provocativo, Vinicius Calderoni costura temas como o universo do telemarketing, as campanhas publicitárias das grandes corporações financeiras, o mundo das celebridades, as redes sociais, a rapidez das relações amorosas, entre outros assuntos do cotidiano. Criado por Valentina Soares e Wagner Antônio, o cenário de "Não nem nada"faz alusão aum ginásio ou um grande tabuleirode xadrez repleto de rampas, alçapões e estruturas modulares, onde os atores atuam quase como jogadores de uma gincana cênica. "Não nem nada" é a primeira peça da trilogia "Placas Tectônicas"composta por três textos inéditos de Vinicius Calderoni. O segundo espetáculo, "Ãrrã", tem estreia prevista para setembro, em São Paulo. A terceira montagem, prevista para 2016, será "Chorume". FICHA TÉCNICA: Texto e direção: Vinicius Calderoni Elenco:Geraldo Rodrigues, Mayara Constantino, Renata Gaspar e Victor Mendes Codireção:Rafael Gomes Assistência de direção:Guilherme Magon Cenografia: Valentina Soares e Wagner Antônio Desenho de luz: Wagner Antônio e Robson Lima Figurinos:Valentina Soares Preparação corporal:Fabrício Licursi Direção de produção: Cesar Ramos e Gustavo Sanna Produção Local: Mariana Serrão Administração Temporada: Clara Camatta

Telefone: 21 2537.8053 | E-mail:teatropoeira@teatropoeira.com.br

ENDEREÇO: Rua São João Batista, 104 . Botafogo . Rio de Janeiro . RJ . CEP: 22270-030